quarta-feira, 24 de junho de 2009

Cárcere discreto


Quando se está dentro de um trem sentimos uma liberdade muito grande, podemos circular e atravessar o corredor inteiro, conversar com os viajantes sentados á nossa frente ou ao nosso lado, podes tentar até uma aventura amorosa - mas não podemos sair do trem enquanto ele estiver em marcha sem que arrisquemos nossas vidas.

Além do fato de que nós não podemos escolher nosso trem - a Terra - é mais ou menos assim que se encara a vida terrestre. Tu pode questionar, desentender, se revoltar e ter desejo de mudar; mas a tua vida foi predestinada aqui sem ao menos terem te consultado, e o teu livre arbítrio só serve pra ser utilizado aqui dentro, quer você aceite ou não. :)

2 comentários:

Douglas disse...

gostei..
muito bom seu texto

bjos

Lico disse...

Isso vira um paradoxo: temos livre arbítrio mas ele é limitado.

então não temos livre arbítrio... só temos uma área fechada para explorar nossa liberdade? aiai =/