quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Não conserte.

Como as pessoas criticam nos outros aquilo que elas mesmas fazem... Como as pessoas te mentem, e mais tarde te provam a verdade... É tanto medo, insegurança e mágoa, que elas se escondem atrás de uma armadura de "Gabriela Teimosa", e passam a exteriorizar só atos e palavras medíocres.

Uma das maiores mentiras que se conta, é de que o amor de verdade é altruísta. Tenho ÓDIO de amor altruísta e o único que existe é o da minha mãe. O resto, é tudo frescura. Quem se diz altruísta, esconde a pessoa mais egoísta do mundo, com vergonha de assumir quem realmente é.

Quando tu sentir que alguém está te enrolando, provalmente é porque ela está mesmo. Nunca se entregue nas mãos de ninguém, achando que vai melhorar. Se fosse mesmo, porquê não melhora? Acredite em si mesmo e só, não se pode controlar ninguém, nem a si mesmo.

Cansei de julgamentos próprios sendo largados em cima de mim como desculpa a própria vergonha de ser quem é. Guarde-os, ou enfie no ♥. Não acredite na mudança, não planeje. Apenas faça e reconheça a melhora em atos, nunca em palavras. Acredite, as vezes as coisas poderiam ter sido diferentes sim, mas é melhor conviver com a dor da realidade, do que com a alegria da ignorância.

Serotonina? Meu sistema nervoso desconhece a existência disso. Mas, se você perdeu a cor e não sabe mais quem é, tudo bem. Divirta-se sendo quem você não é. Existem muitos tipos de poesia para cada relação ou situação envolvendo pessoas. E no momento, as minhas são todas sujas. Não se preocupe, não pergunte, não se importe. Não meça seus atos visando quem não faz o mesmo por ti. Apenas viva e deixe o resto morrer. 

Concreto é quando tu dá com a cabeça na parede até a morte. Quero distância de gente mentirosa, que faz os outros de trouxa, ainda mais no plural. Gente que baseia os próprios atos nas ações de outros, ou quem faz tudo por elas, e sequer são capazes de reconhecer. E quem muito se ausenta... uma hora deixa de fazer falta. 

Algumas pessoas tem tanta certeza de que o fim não existe, que precisam dar de cara com o fim da linha.

2 comentários:

Silva JF disse...

Certezas são como balões no ar, acabam por cair. Gostei de ler. Não acredito que exista um fim a não ser em um desses filmes de cinema. Sim, pois, também um fim de um amor, um fim de não sei o quê ... mas nada se perde ... só se for uma certeza.

Xisdê disse...

É engraçado falar isso namorando, mas é verdade! Hehehe.

Atualmente é difícil escolher pessoas verdadeiras para ficar ou namorar. Todo mundo está agindo muito por impulso, tocando o foda-se e fazendo o que dá na telha. Depois quando se sentem sozinhos, se amargam profundamente de todas as besteiras que fizeram.